Tiago da Silva

19 Ago , 2012 Sem categoria

Tiago Silva é um artista digital natural de Portimão, que tem desenvolvido excelentes ilustrações e ainda ensina ilustração numa escola técnica no Algarve. As obras que tem produzido ao longo dos anos abrangem um leque variado de aplicações desde o editorial, publicidade, videojogos, TV, cinema e banda Desenhada. Tem inúmeros trabalhos publicados em livros e nas revistas como a Imagine Fx, Advanced Photoshop, 2D artist, não só com ilustrações mas também tutoriais. Recentemente ganhou um prémio internacional do concurso – “Share One Planet Wild Animals CG Art Elites Invitational Competition” , organizado elo Wild Animals Cultural Project Fund em parceria com a CGSociety e a ImagineFX. Entramos em contacto com o Tiago para saber um pouco mais sobre este ilustrador, natural de Portimão.

ADS – Olá Tiago, qual foi a tua reacção quando soubeste  que tinhas vencido o prémio internacional de Pintura Digital?

Tiago da Silva – Já ganhei alguns prémios, mas este não estava á espera de todo, as condições eram mesmo difíceis, o concurso foi feito apenas por convite, os artistas foram seleccionados a nível mundial, quando vi a lista dos participantes, nunca pensei mesmo que pudesse ganhar, artistas convidados dos Estados Unidos e da China eram mais de mil… concorri como faço ás vezes apenas para fazer algo fora do universo profissional. Por isso posso dizer que fiquei muito surpreendido, ganhei o primeiro premio de categoria e fiquei em terceiro noutra.

Under the Night GREY OWL

ADS – Explica-nos como surgiu a ideia para a tua ilustração?
TM – A categoria que venci tinha como tema Mother’s Love, a ideia surgiu naturalmente, não costumo ter muita dificuldade em imaginar as minhas ilustrações. Tinha decidido que iria representar o Panda Gigante, como sabem o concurso gira em torno das espécies em vias de extinção… para mim o Panda representa muito bem esse facto, pois é uma criatura que apesar do seu enorme tamanho é um animal, muito lento que vive pacificamente nas florestas da China, a sal alimentação é muito específica, e a sua extinção deve-se apenas ao contacto humano, a cena que imaginei foi literalmente um local em que o ser humano ainda não tenha descoberto, ai a mãe panda e a sua cria vivem no seu meio natural. 

ADS – Quando é que começaste a ficar interessado por ilustração, e qual a tua formação?
TM – Eu sempre desenhei, desde pequeno, lia também muitas BDs, foram as minhas primeiras influencias, segui para a Universidade em Design de Comunicação, mas de facto o que sempre quis foi desenhar, surge na altura a Pintura Digital, a minha formação em Pintura Digital que é a técnica que utilizo foi autodidacta, a ilustração aparece naturalmente como meio em que aplico a tecnica de Pintura Digital na produção dos meus trabalhos.

Uncia-uncia

ADS – Quais são os teus objectivos neste momento e quais são os teus planos para o futuro?
TM – Tenho vários projectos pessoais, um dos quais gostaria mesmo de me dedicar a ele, mas para isso preciso parar de trabalhar com clientes durante algum tempo e ainda não me é possivel por agora.

ADS – O Algarve não é muito conhecido em termos de ilustração – achas que podes ajudar a imagem da região nesta área?
TM – Não sei, mas já tenho o meu trabalho publicado em muitas publicações no estrangeiro, muitas delas tem a menção que vivo no Algarve.Além disso e muito mais importante, estou a dar formação em ilustração na Etic Algarve, penso que essa possa ser a melhor contribuição, pois talento não falta por ai, as pessoas tem talvez medo de arriscar numa área tao difícil, mas difícil nao significa que seja impossível, espero contribuir para mudar um pouco as pessoas e poder ajudar com o meu conhecimento a ajudar a potenciar novos talentos.  

Obrigado Tiago, continuação do excelente trabalho e desejo dos maiores sucessos para o futuro!

[button url=”https://ads.org.pt/noticias” size=”medium”]Outras Notícias[/button]


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.